Qual a melhor vitamina para queda de cabelo!!

Qual a melhor vitamina para queda de cabelo!!

Caso tenha carência de ferro ou zinco, o cabelo ficará mais fraco e quebradiço. Os peixes azuis e a levedura de cerveja, entre outros, podem oferecer uma quantidade extra de minerais e vitaminas essenciais.

A queda e a saúde do cabelo são fatores que preocupam a todos. São muitas as pessoas que percebem a perda do cabelo diariamente, notando como fica mais ralo do que o normal.

Mas isso pode ser remediado? É fato que o fator genético tem muita influência nesse processo, porém, pode-se trabalhar em cima de outros fatores para prevenir o problema.

Qual a melhor vitamina para queda de cabelo!!

Dicas para lutar contra a queda de cabelo

1. Uma alimentação correta

Dispor de bons nutrientes, sem que falte nenhum mineral, ajudará, sem dúvida, a manter a saúde do cabelo.

A saber, por exemplo, caso sofre de uma carência de ferro o cabelo se desenvolverá mais frágil e quebradiço, e, portanto, cairá mais.

O mesmo ocorrerá com a carência em zinco. Além disso, existe outro componente essencial que causa a queda de cabelo, fraqueza nas unhas e problemas de pele caso faltem no organismo. E que componente é esse? A biotina. E onde se pode encontrá-la? Anote:

Fígado bovino: não se preocupe, pois ele não contém muitas gorduras, porém, contém uma dose alta de biotina, minerais e vitaminas essenciais para a saúde do cabelo. Vale a pena;
Ovos;
Peixe;
Levedura de cerveja;
Nozes;
Morangos;
Arroz integral;
Tomates;
Banana;

Outro elemento que não deve faltar é a cisteína. Trata-se se um aminoácido básico para a formação de cabelo.

Além disso, faz com que cresça e se fortaleça. Vale a pena também considerá-la. Pode ser facilmente encontrada ao se consumir os seguintes alimentos:

Ovos;
Peru;
Frango;
Brócolis.

2. Remédio com vinagre de maçã

Um remédio, como verá, realmente simples e efetivo. O vinagre de maçã favorece a circulação do couro cabeludo, oxigenando-o e estimulando-o.

Por isso, é muito adequado fazer uma massagem com um vaporizador, nele coloque meio copinho de vinagre com meio de água.

Aplique a mistura no cabelo úmido, massageando por cinco minutos. Depois, enxague com água morna. O ideal será realizar o tratamento duas vezes por semana.

Qual a melhor vitamina para queda de cabelo!!

3. O remédio das urtigas

Vale a pena considerar esse remédio. A urtiga é uma planta medicinal utilizada desde a antiguidade com várias finalidades.

Em suma, atua como estimulante capilar e fortalecedor. Muitos shampoos e cremes são preparados com urtiga.

Então, como é possível se beneficiar dela? Simples, fazendo uso de sua infusão. Adicione cinco urtigas em um copo com água fervente. Em seguida,deixe repousar até a temperatura diminuir.

Assim que estiver morno, aplique no cabelo úmido para que atue por vinte minutos. O tratamento pode ser aplicado duas vezes por semana, assim será possível notar os benefícios.

4. O remédio de babosa para queda de cabelo

Está surpreso? Provavelmente não. Diariamente são descobertos mais benefícios dessa maravilhosa planta medicinal.

A babosa cuida de couro cabeludo, reparando-o e estimulando o crescimento do cabelo, nutrindo-o. Para se beneficiar basta extrair o gel de um pedaço da planta, misturá-lo com um copo de água quente e diluí-lo.

Em seguida, aplique-o no cabelo úmido fazendo uma leve massagem. Deixe atuar por vinte minutos e pronto! Enxágue com água morna e use o shampoo de sempre para lavar o cabelo.

O ideal é realizar o tratamento duas vezes por semana, os resultados serão excelentes!

Qual a melhor vitamina para queda de cabelo!!

5. Remédio de leite e coco e cenoura

Esses dois ingredientes atuam como grandes nutrientes para o cabelo. Tanto o leite de coco como a cenoura dispõem de vitamina B, essencial para a saúde e para o crescimento do cabelo.

Sem dúvida, não encontrará problemas para conseguir nenhum desses ingredientes. Depois que os tiver, para preparar o remédio basta liquidificar uma cenoura média e o leite de coco.

Em seguida, misture bem os ingredientes até obter uma espécie de vitamina alaranjada, ela será utilizada como tônico hidratante.

Assim como fez nos remédios anteriores, esse também será aplicado no cabelo úmido. Aplique pouco a pouco, massageando bem o couro cabeludo.

Em seguida, deixe que atue por vinte minutos. Para conter melhor o tônico no cabelo, pode usar uma touca de banho. Logo depois, basta enxaguar com água morna e lavar o cabelo normalmente.

Enfim, é muito fácil e útil. Excelente também se fizer duas vezes por semana.

 

Queda de cabelo: 6 atitudes para fortalecer os fios e prevenir que eles caiam

Perder cabelos é uma coisa normal. Cerca de 50 a 100 fios de cabelo caem da cabeça de todas as pessoas diariamente. E isso não é muita coisa em comparação aos mais de 100 mil fios que temos em nosso couro cabeludo. Além disso, conforme vamos envelhecendo, nossos fios de cabelo vão se tornando cada vez mais finos e rarefeitos.

No entanto, muitas pessoas apresentam uma perda de cabelos mais acentuada, o que pode ser um sinal de algum problema de saúde mais grave. Por isso, nesses casos é importante procurar um médico para que ele possa lhe orientar sobre o procedimento mais adequado para você.

Porém, existem algumas ações que você pode colocar em prática desde já para prevenir e tratar a queda de cabelos.

1) Manter os cabelos sempre limpos

A queda de cabelo acontece porque é uma ação comum do organismo e não tem relação com a quantidade de vezes que o cabelo é lavado. “Quando deixamos de lavar para evitar a queda de cabelo durante o banho, acabamos deixando o couro cabeludo sujo por mais tempo e esta sujeira poderá favorecer e agravar a queda de cabelos”, diz o dermatologista Ademir Jr.

O ideal é que a lavagem seja feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente em dias alternados. Assim você evita os desgastes causados pelo excesso de água, sem permitir o acúmulo de sujeira. “No caso de cabelos muito oleosos, se não der para intercalar as lavagens, é fundamental respeitar a temperatura da água, que deve ser de morna a fria”, afirma o dermatologista Valcinir Bedin

2) Usar a escova errada

O uso da escova também pode ocasionar a queda de cabelo. É o que aponta um estudo publicado no Journal of Dermatological Treatment, no qual diz que a frequência com que os cabelos são penteados aumenta a queda dos fios.

Além disso usar uma escova que não é para o seu tipo de cabelo pode danificar os fios, deixando aquele aspecto de cabelos quebrados. “As escovas com pinos que apresentam bolinhas de massagem na ponta protegem o couro cabeludo e oferecem mais leveza na hora de desembaraçar”, afirma o cabeleireiro da Condor, Gennaro Preite.

3) Reduza seu estresse

Estudos mostram que uma boa parte das pessoas que reclamam de queda de cabelo apresenta ou apresentou algum tipo de estresse que pode ter sido causador da queda capilar. Uma boa forma de reduzir seu estresse, cuidar do organismo e ainda prevenir a queda de cabelo é por meio da prática de atividades físicas. De acordo com Ademir Jr, se exercitar libera endorfinas que diminuem o estresse e consequentemente a queda de cabelos.

4) Não prender os fios molhados

Fazer isso de vez em quando não tem problema nenhum. Mas achar que vai reduzir o volume dos fios dando um bom nó pode causar a queda de cabelo, pois os fios estão fragilizados quando molhados. “Manter o couro cabeludo molhado por muito tempo provoca fungos e cria caspa, além de enfraquecer a raiz e provocar a queda dos fios”, afirma o cabeleireiro Paulo César Schettini. Usar um leave-in e evitar o vento enquanto os fios não estão secos são boas medidas para evitar o cabelo armado demais.

5) Atente-se saúde do couro cabeludo

O dermatologista Valcinir Bedin explica que as raízes dos cabelos são a base para fios fortes. “O descaso com o couro cabeludo pode causar a queda de cabelo, caspa, descamação, oleosidade em excesso e até prejudicar a nutrição do cabelo”.

É importante ressaltar que as raízes do cabelo podem esconder problemas muito graves, como o eczema – uma descamação que começa comumente com uma alergia -, a psoríase de couro cabeludo, e até a alopecia areata, que é uma das formas com que a queda de cabelo. “O médico pode também diagnosticar o problema com mais precisão, diferenciando a caspa da descamação, por exemplo, e receitar remédios mais eficientes”, explica Valcinir Bedin.

6) Faça exames periodicamente

Muitas vezes a queda de cabelo, acompanhada de coceira, pode ser um sinal de que há algo errado no organismo como um todo. “Hipotireoidismo pode causar ressecamento da pele no geral, o que provocaria coceiras e consequentemente a queda dos fios, assim como as doenças hepáticas e renais, que por muitas vezes impedem a eliminação de substâncias que provocam o sintoma”, explica a dermatologista Aline.

Noticias Web

Noticia Web foi criado para trazer noticias relevantes a você, que quer ficar informado do dia dia do nosso Brasil e mundo. OBRIGADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *