O que é mouse de computador? qual é a sua função!

O que é mouse de computador? qual é a sua função!

Mouse de computador

O mouse do computador ajuda a navegar pelos aplicativos de interface gráfica. Ter um mouse bom e ergonômico é essencial para uma tarefa diária realizada por um computador.

Este artigo fala sobre o mouse e a tecnologia por trás da cena.

O que é mouse de computador?

O que é mouse de computador? qual é a sua função!
O que é mouse de computador qual é a sua função!

É um dispositivo usado para entrada do computador. Aponta e clica em ícones, menus, botões de comando ou ativa algo em um computador. A GUI ( interface gráfica do usuário ) dos aplicativos e programas atuais é amigável e fácil de navegar usando o mouse do computador.

Como o mouse funciona?

O objetivo do mouse é converter o movimento da mão em um formato de computador utilizável. Quando o mouse é movido, esse movimento rola uma bola encontrada dentro. Você deve colocar o mouse em uma mesa plana ou mouse pad para se mover.

Os dois eixos (representam a direção X e Y) girarão como resultado da bola rolante. Cada eixo se conecta à roda (semelhante a uma engrenagem), que gira quando o eixo gira.

Ao lado de cada roda rotativa, há um LED infravermelho (diodo emissor de luz) e um sensor infravermelho . O LED envia um caminho de luz para a roda. O sensor, encontrado no outro lado da roda, detecta os pulsos de luz interrompidos pela roda rotativa.        O que é mouse de computador? qual é a sua função!

O chip do processador integrado do mouse lê os pulsos do sensor e se traduz no formato utilizável por computador ( dados binários ). Isso informa a posição e a velocidade do mouse, exibidas no movimento de um cursor em uma tela. Esse tipo de mouse é chamado de mouse optomecânico.

Hoje, o mouse esférico é substituído por tipos ópticos que usam LED e uma câmera pequena para detectar o movimento do mouse.

O mouse mais moderno possui as seguintes partes:

– Caso

– Chip do processador on-board

– dois botões

– Uma roda entre os dois botões (usados ??para rolar para cima e para baixo, Ampliar e Reduzir em aplicativos como o AutoCAD)

– Bateria (se for sem fio)

– Interface de conexão como USB ou infravermelho

Como conectar o mouse a um computador?

O que é mouse de computador? qual é a sua função!
O que é mouse de computador qual é a sua função!

Existem pelo menos quatro maneiras de conectar o mouse a um computador, embora algumas delas estejam obsoletas agora. Serial, PS / 2, USB e Sem fio são as maneiras de conectar um mouse a um computador.

O mouse USB e sem fio ou sem fio são os mais dominantes nos computadores modernos. Conexão PS / 2 e Serial encontrada em sistemas antigos, não em sistemas novos.

Introdução

Depois do teclado, o mouse é o dispositivo mais usado para a execução das mais variadas tarefas em um computador. Em sua essência, o mouse nada mais é do que um dispositivo que controla um cursor (ou ponteiro) na tela da máquina, servindo como uma espécie de extensão das mãos de uma pessoa e, mais precisamente, como meio de comunicação entre o homem e o computador. É claro que é possível utilizar um computador sem mouse, mas esse dispositivo é tão prático e tão comum, que a maioria esmagadora das aplicações gráficas são desenvolvidas considerando o seu uso. Assim sendo, que tal entender um pouco do funcionamento dos mouses, saber um pouco de sua história e conhecer os tipos (com esfera e óptico) e as características mais comuns desses dispositivos? É isso que o InfoWester apresenta a seguir.

O que é o teclado do computador? qual a sua função!

O que são unidades de CD / DVD? (disco compacto)

discos rígidos para computador o que é?

Como comprar memória de computador

 

CURSO: COMPUTADOR BLINDADO
Saiba Mais Aqui

Breve histórico do mouse

O surgimento do mouse se deu em 1968, graças ao trabalho do pesquisador americano Douglas C. Engelbart e sua equipe. Naquela época, o dispositivo apresentado não lembrava nem um pouco os modelos que encontramos hoje e sequer tinha esse nome. Na verdade, se chamava XY Position Indicator For a Display System, consistia numa espécie de caixa de madeira com um cabo e um único botão, e foi feito de maneira artesanal. Apesar de parecer tão primitivo, esse dispositivo tinha praticamente a mesma função dos mouses de hoje, mas se mostrou pouco prático, já que, naquela época, os computadores eram incapazes de processar recursos gráficos avançados e trabalhavam, essencialmente, com texto, não havendo, portanto, aplicação prática para a invenção.

Engelbart tinha expectativa de que logo surgissem aplicações que fizessem uso de sua criação, mas o inventor teve que esperar cerca de 15 anos para ver os mouses chegarem pra valer ao mercado, quando a Apple lançou, em 1984, o computador Macintosh. Este combinava o mouse com uma interface gráfica inovadora, fazendo com que a invenção de Engelbart finalmente começasse a se popularizar.        O que é mouse de computador? qual é a sua função!

Mouse

O que é mouse de computador? qual é a sua função!
O que é mouse de computador qual é a sua função!

Mouse é uma palavra do inglês, que traduzido para o português significa Rato. Este é um termo muito utilizado para definir um componente de hardware muito importante para o computador, utilizado para posicionar o cursor (uma seta geralmente) na tela do computador. O mouse tem uma história muito peculiar, pois foi tido como uma invenção medíocre e sem futuro, sendo atualmente um componente muito importante para trabalhar, jogar e utilizar as mais variadas funções dos computadores, sendo em alguns casos indispensável.

O mouse foi o ponto chave para a criação da interface gráfica, ou seja, ele ajudou a revolucionar a computação. A Xerox (empresa que criou a interface gráfica) não deu a devida importância para a criação e a deixou livre. Um dos chefes da empresa chegou a comentar que ninguém iria comprar algo com Rato (mouse) no nome.

A patente do mouse rendeu a seu inventor, Douglas Englebart, 10 mil dólares, primeiramente, e alguns prêmios mais tarde. Este componente só passou a ter grande utilidade 15 anos após sua invenção, quando a Apple lançou o Macintosh. Um ano antes, a Microsoft, que havia copiado e modificado o Macintosh, lançou um computador com interface gráfica e mouse, porém a empresa não soube criar um computador em que o mouse tivesse um papel importante.

O mouse começou sendo de madeira, e com um só botão. Passou a evoluir cada vez mais, junto com os computadores. Foi criada a bolinha giratória, para ajudar na interatividade, e o mouse sem fio. Antigamente, possuíam uma peça em formato esférico que girava enquanto o usuário deslizava o mouse por uma superfície plana. Esta esfera ativava mecanismo que detectavam o movimento, e para qual direção o mouse tinha sido movido. Atualmente os mouses têm um LED (outros usam lasers), um emissor de luz que detecta os movimentos e transmite para o computador.

Atualmente os notebooks estão tirando lugar dos mouses, ainda assim, muitos usuários de notebook carregam um mouse. O notebook tem um aparelho diferente do mouse, que detecta o movimento em sua superfície (touchpad).

A tecnologia não deixa de evoluir, nem mesmo nos mouses. Já existem alguns que não tem atrito nenhum ao manusear. Estes têm uma tecnologia magnética que os faz flutuar.

Funcionamento dos mouses

O que é mouse de computador? qual é a sua função!
O que é mouse de computador qual é a sua função!

Explicar o funcionamento dos mouses não é tão simples por um único motivo: não existe apenas um tipo de mouse. Há várias categorias disponíveis no mercado, mas esse artigo irá se concentrar apenas em dois: os mouses com esfera (popularmente conhecidos como “mouse de bolinha”) e mouses ópticos (e sua variação, os mouses à laser). Mas, antes de seguir com essas explicações, é conveniente ter uma definição clara de um mouse, embora você certamente saiba o que é e para que serve esse dispositivo: o mouse é um aparelho que se comunica com o computador para mover um cursor em sua tela. Esse cursor serve para manipular e mover determinados recursos exibidos. Para isso, o cursor deve se movimentar na tela conforme a movimentação do mouse feita pelo usuário. Este último também pode acionar funcionalidades ou modificar recursos através dos botões existentes no mouse. Quando o usuário pressiona qualquer desses botões para executar uma determinação ação, diz-se que ele efetuou um clique.        O que é mouse de computador? qual é a sua função!

Sendo assim, um mouse deve, basicamente, permitir a movimentação de um cursor e a execução de determinadas ações através de cliques. O que torna os vários tipos de mouse diferentes entre si são justamente as técnicas utilizadas para permitir a movimentação do cursor e os cliques. Sendo assim, vamos agora conhecer os tipos de mouse mencionados no início do parágrafo anterior:

Monitor de computador e o seu desempenho

O que é um processador de computador!

placa-mãe do computador – guia completo

 

Mouses com esfera

Por muito tempo, esse foi o tipo de mouse mais comum e é o que mais se parece com o primeiro modelo (o XY Position Indicator For a Display System). A principal característica desse tipo de mouse é a existência de uma esfera (ou “bolinha”) geralmente recoberta por uma camada de borracha que, quando girada, faz o cursor se movimentar na tela. Essa esfera fica localizada dentro do mouse, na parte de baixo do dispositivo. No entanto, uma pequena parte dessa esfera entra em contato com a superfície onde o mouse está. Quando o usuário move o mouse, esse contato faz com que a esfera gire e oriente o cursor na tela do computador.

Essa orientação ocorre por meio de dois pequenos eixos (rolamentos ou, ainda, roletes) que ficam em constante contato à esfera. Um eixo tem a função de movimentar o cursor na vertical, enquanto que o outro o faz na horizontal, em um esquema que lembra o sistema de coordenadas X e Y (daí o fato do primeiro mouse conter em seu nome as letras X e Y). Se o usuário movimentar o mouse em um sentido diagonal, ambos os eixos estarão trabalhando simultaneamente.

Em uma ponta de cada um desses rolamentos, há uma espécie de disco com perfurações próximas à borda. Esses discos ficam posicionados entre um LED infravermelho e um sensor de luz infravermelha. Quando o usuário movimenta o mouse, a esfera gira, fazendo com que os eixos e seus respectivos discos rodem. Quando isso ocorre, num momento a luz infravermelha passa pela perfuração e, no instante seguinte, a luz é bloqueada pela parte não perfurada do disco. Isso vai se repetindo até que o usuário pare de movimentar o mouse. É através desse esquema de passagem e não passagem de luz pelos discos que o mouse orienta o cursor na tela do computador do usuário. Um circuito existente no mouse “conta” quantas vezes a luz infravermelha passa pelas perfurações e transmite essas informações à máquina. Quanto mais rápido o usuário movimentar o mouse, mais rápido será a passagem e a não passagem, fazendo com que a seta na tela do computador se movimente em uma velocidade correspondente. Para determinar o sentido de cada rolament
o, isto é, se este gira no sentido horário ou no sentido anti-horário, há mais de uma técnica: alguns mouses utilizam dois pares de LEDs infravermelho e de sensores de luz infravermelha, e comparam as diferenças de passagens de luz entre eles para determinar o sentido. Outros, especialmente mouses mais recentes, conseguem fazer essa distinção através de uma combinação de LED infravermelho e sensor de luz infravermelha mais precisa, fazendo com que apenas um par seja suficiente para cada disco.      O que é mouse de computador? qual é a sua função!

A maioria dos mouses com esfera contam com um terceiro rolamento. Mas, em geral, este costuma ser usado apenas para dar maior estabilidade à movimentação da esfera.

Os mouses com “bolinha” conseguem cumprir bem a sua função, mas são sujeitos a problemas que os tornam menos eficientes. Uma deles é a sujeira. Qualquer mouse, com o tempo, acumula pó e outros materiais em seu interior, mas isso ocorre com muito mais freqüência nos mouses com esfera, já que este último item pode levar sujeira aos roletes. Quando esse material se acumula, o atrito da esfera com os rolamentos diminui, prejudicando a movimentação da seta na tela do computador. Além disso, as peças dos mouses com esfera podem ser danificadas mais facilmente, de acordo com o tempo e com a forma com a qual o dispositivo é utilizado. Além disso, nem sempre mouses desse tipo conseguem trabalhar com a precisão que o usuário necessita. Esses motivos certamente ajudaram no lançamento de uma categoria demouses mais evoluída: os mouses ópticos, vistos a seguir.

Mouses ópticos

Os mouses ópticos recebem esse nome porque sua principal característica é o uso de um mecanismo óptico no lugar de uma esfera para orientar a movimentação do cursor na tela do computador. A vantagem desse esquema é que, por não haver peças móveis dentro do dispositivo, o seu tempo de vida útil é maior, o volume de sujeira acumulada internamente é muito menor (às vezes, inexistente) e a precisão de movimentos aumenta por causa da maior sensibilidade do mecanismo óptico, fazendo com que mouses ópticos sejam ideais para tarefas cotidianas e até para jogos e atividades profissionais.

O sistema óptico dos mouses desse tipo é composto, basicamente, por um LED emissor de luz vermelha e um sensor (geralmente, sensor CMOS, sigla de Complementary Metal Oxide Semiconductor, ou CCD, sigla de Charge Coupled Device). Quando o mouse está em contato com uma superfície, a luz é emitida e refletida, isto é, “volta” ao mouse. Quando isso ocorre, o sensor age como se estivesse tirando uma fotografia daquele ponto e envia a imagem a um DSP (Digital Signal Processor), que a analisa. Esse processo é repetido constantemente e em uma velocidade muito alta. O DSP faz então uma espécie de comparação e análise dos padrões das imagens e consegue, com isso, entender para onde o mouse está sendo movimentado. O passo seguinte consiste em enviar essas informações ao computador para, finalmente, o cursor na tela ser orientado.

Existe uma variação de mouses ópticos que utiliza um emissor de raio laser (inofensivo à saúde e invisível aos olhos humanos) ao invés de LED. Esses mouses são conhecidos como mouses à laser, embora não deixem de ser ópticos, obviamente. A utilização de laser é mais vantajosa porque proporciona melhor precisão nos movimentos, oferece maior velocidade de resposta, permite o uso do mouse em determinadas superfícies em que mouses com LED não funcionam bem (vidros, por exemplo), entre outros.        O que é mouse de computador? qual é a sua função!

Até a publicação deste artigo no InfoWester, os mouses ópticos baseados em laser eram menos comuns no mercado que os baseados em LED e, por terem maior qualidade, também eram os mais caros.

Botões dos mouses

Movimentar o mouse não é suficiente para utilizá-lo a contento, afinal, essa ação apenas movimenta o cursor na tela do computador, nada mais. É necessário também o uso de botões para que o usuário informe à máquina que ações deseja executar: pressionar botões, arrastar itens, desenhar, selecionar arquivos, etc. Para isso, os mouses mais comuns contam, atualmente, com três botões. Os modelos mais antigos possuíam apenas dois, os botões esquerdo e direito. Apenas alguns modelos possuíam três. Os mouses mais recentes incluem os botões esquerdo e direito, além de um terceiro que fica entre eles (conhecido como scroll ). No entanto, este último é, na verdade, um botão em forma de roda. Assim, o usuário pode girá-lo, recurso particularmente útil para acessar as partes de cima ou de baixo de páginas de internet, arquivos de textos e planilhas, por exemplo.

Noticias Web

Noticia Web foi criado para trazer noticias relevantes a você, que quer ficar informado do dia dia do nosso Brasil e mundo. OBRIGADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *