Entenda o funcionamento dos cremes antirrugas

O envelhecimento da pele é um problema que preocupa cada vez mais pessoas. O surgimento de cremes antirrugas tenta impedir essa deterioração.

O cuidado da pele é um aspecto que preocupa cada vez mais às pessoas. A deterioração da mesma e o aparecimento de rugas é um problema estético que dia após dia está ganhando mais relevância em nossas sociedades. É por isso que há um boom no uso de cremes antirrugas, pois ajudam a retardar o envelhecimento da pele e cuidam de sua preservação correta ao longo dos anos.

Os cremes antirrugas têm a missão de retardar a deterioração da pele. No entanto, é conveniente começar a cuidar da derme o quanto antes e não esperar que as rugas apareçam.

Como funcionam os cremes antirrugas?

As principais funções realizadas pelos cremes antirrugas na pele são as seguintes:

Hidratação. Este tipo de creme hidrata e ajuda na regeneração da pele, o que retarda o envelhecimento prematuro. Dessa forma, consegue melhorar a aparência da mesma.
Reparação. Os cremes antirrugas revitalizam a pele, diminuem o aparecimento de rugas e aumentam a sua elasticidade.
Isto é conseguido principalmente através de suas altas concentrações de colágeno, que dá firmeza aos tecidos e ajuda a mantê-los macios e suaves.

Eliminação de rugas. Esta ação se deve ao colágeno mencionado acima, que também ajuda a eliminar as marcas de expressão e interrompe a atrofia da pele.
Ação esfoliante. Os cremes antirrugas ajudam a eliminar as células mortas, proporcionando brilho e melhorando a textura da pele.

Quais são os principais componentes desses cremes?

A proteção da pele, assim como a sua hidratação e esfoliação adequada, são alguns dos pilares fundamentais para que a aparência seja suave e bem cuidada.

Por isso, para escolher corretamente o creme antirrugas, é necessário levar em conta sua composição.

É importante não esperar até que as rugas apareçam. Cuide da sua pele desde a juventude.

A exposição a agentes externos, tais como o sol ou as temperaturas baixas, juntamente com alguns hábitos prejudiciais, tais como o fumo ou o consumo de álcool, podem alterar a estrutura da pele e acelerar a oxidação e o envelhecimento.

Duas das substâncias que geralmente fazem parte de cremes antirrugas são o colágeno e a elastina.

O colágeno é muito útil para o fortalecimento da pele, já que exerce uma ação reafirmante do mesmo.

Outros ingredientes usados ??frequentemente são:

► Antioxidantes, que retardam o envelhecimento celular
► Diferentes tipos de vitaminas
► Retinol
► Ácido hialurônico
► Substâncias fotoprotetivas
► Hidroxiácidos (ação esfoliante)
Atualmente, também existem cremes antirrugas que contam em sua composição com células-tronco, que favorecem a renovação celular e ajudam a desacelerar seu desenvolvimento.

Entenda o funcionamento dos cremes antirrugas

O tipo de pele influencia na escolha do creme?

Um fator vital na escolha de um creme antirrugas é o tipo de pele do indivíduo.

Dessa forma, caso tiver pele seca, será melhor ter um creme oleoso que mantenha a pele bem hidratada.
Por outro lado, caso tiver pele com tendência a ser oleosa, um creme na forma de gel será mais aconselhável.
Para obter o máximo do cremes antirrugas, é essencial ser consistente em sua aplicação. Além disso, a alimentação deve ser cuidada e ter bons hábitos de vida.

O aparecimento dos resultados não deve ser esperado imediatamente, pois a pele precisa de tempo para se reconstituir.

Assim sendo, a renovação da mesma após o uso de cremes antirrugas começa a aparecer depois de alguns meses de uso.

RUGAS: TIPOS, TRATAMENTOS, CAUSAS… DERMATOLOGISTAS EXPLICAM SE É POSSÍVEL PREVENIR AS LINHAS DE EXPRESSÃO

Rugas são linhas marcadas, que surgem e se aprofundam na pele com o passar do tempo, devido à perda de colágeno, elastina, ácido hialurônico entre outros. Esses sinais do envelhecimento podem aparecer próximo dos olhos (pés de galinha), abaixo da boca (linhas de marionete), abaixo do nariz (bigode chinês) e em outras áreas, como na testa.
Embora seja um incômodo comum, existe alguma forma de prevenir as rugas e linhas de expressão? Para quem já possui essas marcas, qual é o melhor anti-idade para tratar o problema? A fim de esclarecer essas e outras questões, o DermaClub conversou com seu time de dermatologistas que explicaram tudo sobre esses sinais – desde os tipos de rugas até os mitos e verdades acerca dos mesmos. Confira!

1. O que são rugas?

1.1. No que consistem as rugas e as linhas de expressão no rosto?
A ruga nada mais é que um sinal de que sua pele está envelhecendo. Isso acontece principalmente devido a perda de colágeno – substância responsável pela sustentação da pele – mas também quando perdemos elastina (o que aumenta a flacidez cutânea) e o ácido hialurônico responsável pelo seu preenchimento. Além disso, a repetição de expressões faciais – como “franzir a testa” ou “espremer os olhos” -, faz com que o rosto fique marcado naquele local e progressivamente aumenta ainda mais a força do músculo nessa região marcando cada vez mais essas expressões.
Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

1.2. Quais são os tipos de rugas?

De acordo com a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro, a ruga é resumida em dois estágios, já que a sua formação ocorre de forma progressiva. São eles:
Rugas dinâmicas: são as primeiras a serem notadas, conhecidas também como linhas de expressão, e não aparecem no repouso;
Rugas estáticas: são visíveis mesmo sem movimentos faciais e muito comuns em rostos maduros.
A única diferença entre elas é a profundidade, que também sofre influência de fatores genéticos, espessura da pele e quantidade de exposição solar.

1.3. Bigode de chinês.

É uma ruga que se estende do canto do nariz até as extremidades dos lábios, deixando o rosto com um aspecto envelhecido. “Bigode de chinês” é o nome popular dado aos chamados sulcos nasogenianos, bastante comuns nas mulheres e que podem surgir por uma série de motivos – desde a predisposição genética, falta de elasticidade na pele, flacidez, etc. Esses traços podem surgir a partir dos 30 anos, quando começa a perda do colágeno.

1.4. Pés de galinha.

São as rugas que surgem ao redor dos olhos (região periocular). Segundo a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, “elas aparecem devido à atividade muscular ligada aos movimentos da face, e estão associadas ao processo de flacidez e envelhecimento da pele. Geralmente, partem do canto externo dos olhos no sentido da testa, da orelha e da bochecha, dando um aspecto que se assemelha ao pé da galinha, por isso recebe esse nome”, explicou.

Entenda o funcionamento dos cremes antirrugas

1.5. Linhas de marionete.

São rugas bem nítidas que descem pelo canto da boca, que recebem o nome popular de linhas de marionete ou “marionette lines”. Conhecida pelos dermatologistas como sulcos lábiomentonianos, surgem por conta do envelhecimento da pele, da exposição solar e dos maus hábitos, como a má alimentação e o tabagismo.

1.6. Linhas de expressão.

As linhas de expressão surgem a partir dos movimentos repetitivos e da contração dos músculos faciais. Segundo a Dra. Katleen Conceição, do Rio de Janeiro, “a pele jovem, por exemplo, sempre volta ao normal, sem rugas depois de um gesto. Enquanto a madura já tem maior facilidade em produzir esses sinais”, esclareceu. É o caso do “código de barras”, por exemplo, linhas finas acima do lábio superior que costumam aparecer por conta do tabagismo.

1.7. Sulcos faciais

São rugas profundas também são conhecidas como: “bigode chinês”, “linhas de marionete”, sulco lacrimal, entre outros. Esses sinais acontecem por uma intensa perda de peso, pelo envelhecimento ou por características genéticas.

2. O que pode causar a ruga?

2.1. Características das rugas:

Rugas são caracterizadas como linhas marcadas que são percebidas com o movimento, gestos ou expressões faciais ou mesmo em repouso no caso de rugas mais profundas.

2.2. O que pode causar as rugas?

Existe uma série de fatores que podem causar o surgimento das rugas. Entre eles, podemos destacar:
– O envelhecimento da pele;
– A perda de colágeno;
– Alta exposição solar;
– Estresse;
– Poluição;
– Tabagismo;
– Má alimentação;
– Consumo excessivo de açúcar.

3. É possível prevenir as rugas?

As rugas não podem ser evitadas para sempre. Um dia sua pele vai envelhecer e, querendo ou não, elas vão aparecer no seu rosto. Por outro lado é importante tratar esse processo de forma natural e praticar alguns cuidados para passar por esse processo de uma maneira saudável.

4. Qual é o melhor tratamento para rugas?

4.1. Ativos e dermocosméticos

– Uso de antioxidantes (vitamina C) que neutraliza a produção de radicais livres;
– Uso de Ácido hialurônico e ativos como o Pro-Xylane que aumentam e estimulam a quantidade da substância na pele, para manter a região hidratada e preenchida, proporcionando ação redensificadora.
– Uso de produtos com ativos capazes de auxiliar no aumento do estímulo do colágeno, como o retinol
– Uso do ácido glicólico que estimula a renovação celular;
– Uso de um creme antiglicante, que inibe o processo de glicação;
– Uso do filtro solar facial de amplo espectro que protege contra a radiação solar e luz visível.

Truque Elimina Rugas e Assusta profissionais de saúde

 

Noticias Web

Noticia Web foi criado para trazer noticias relevantes a você, que quer ficar informado do dia dia do nosso Brasil e mundo. OBRIGADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *