Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

 

Intervenção medicamentosa.

Nenhum medicamento é oficialmente licenciado para o tratamento de ejaculação precoce, mas alguns antidepressivos podem ajudar, uma vez que apresentam o efeito colateral de retardar a ejaculação, porque aumentam a quantidade de serotonina no cérebro.        Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Um médico provavelmente não prescreverá qualquer medicamento antes de fazer uma anamnese sexual detalhada para chegar a um diagnóstico claro de ejaculação precoce. Tratamentos medicamentosos podem ter efeitos adversos, e os pacientes devem sempre discutir com um médico antes de usar qualquer medicação.

A dapoxetina é usada em muitos países para tratar alguns tipos de ejaculações precoces primárias e secundárias. A dapoxetina é um fármaco que pertence à mesma classe da fluoxetina, sendo considerado um inibidor seletivo da recaptação da serotonina. No entanto, certos critérios devem ser atendidos.

Considera-se precoce a ejaculação que ocorre logo após a penetração ou até mesmo antes, sem que o homem tenha controle desse evento.

 

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Para caracterizar o distúrbio, é preciso que o episódio se repita com frequência e o homem não consiga satisfazer a parceira em pelo menos 50% das relações. Em certos casos, o descompasso é provocado pelo fato de a mulher necessitar de mais tempo para atingir o orgasmo. Muitas vezes, nem o próprio paciente sabe dizer quanto tempo leva para ejacular, mas as pesquisas indicam que o homem sem problemas leva, em média, de dois a quatro minutos.

CAUSAS.

A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Embora parte dos indivíduos consiga controlá-la durante o ato sexual, a grande maioria dos ejaculadores precoces é ansiosa. O problema é que quanto mais repetidas forem essas ejaculações, mais ansiosos eles ficam, mais adrenalina produzem e mais rápido ejaculam. Em alguns casos, a ansiedade é tanta que acabam desenvolvendo algum tipo de disfunção erétil.

Nenhuma teoria sobre as causas orgânicas da ejaculação precoce foi comprovada. Sabe-se, porém, que algumas doenças neurológicas podem provocar o distúrbio.        Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

A ejaculação precoce é comum na adolescência. A falta de experiência, o medo do mau desempenho ou de que alguém apareça de repente, entre outros fatores, criam um estado de ansiedade que acelera o momento da ejaculação. A tendência é o problema desaparecer à medida que são superados esses obstáculos.

A ejaculação precoce secundária pode acometer homens de qualquer idade, com tempo de ejaculação normal, mas que por algum motivo se tornaram mais ansiosos.

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

DIAGNÓSTICO.

O diagnóstico é clínico e depende do levantamento criterioso da história do paciente. na maioria dos casos, a principal queixa é a dificuldade de satisfazer a companheira.

TRATAMENTO.

1. O tratamento inclui psicoterapia e/ou o uso de antidepressivos (inibidores seletivos de recaptação da serotonina), que aumentam a quantidade de serotonina no cérebro. O que se espera é que ele seja eficaz para baixar o nível de ansiedade e aprender a controlar a resposta ejaculatória.

2. O tratamento para ejaculação precoce é baseado em psicoterapia sexual e farmacoterapia. Antidepressivos e analgésicos também são opções bastante usadas. Já os inibidores de fosfodiesterase do tipo-5 são mais aplicados em situações que envolvam disfunção erétil-impotência. Muitos especialistas indicam a combinação das duas opções para um melhor resultado.

Outra maneira de se sentir mais tranquilo com a situação é conversar com a sua parceira (o) sobre o assunto. Caso o problema seja de origem psicológica, uma terapeuta sexual pode ajudar a descobrir a causa e até a cura.

Algumas técnicas são utilizadas como paliativos para ajudar no controle do momento do coito. Uma terapeuta sexual pode orientar e explicar como cada técnica pode ser aplicada pelos casais.

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Fatores de risco.

Os fatores que influenciam a ejaculação precoce são muito variados e se caracterizam por motivos psicológicos e orgânicos.

A ansiedade é responsável por grande parte dos casos, mas doenças como prostatite, alterações que envolvam o hormônio serotonina e problemas na tireoide também são apontados como causadores.

O grupo de risco entre faixa etária também é muito grande, já que os fatores são passíveis de ocorrer em qualquer idade a partir da adolescência ou início da vida sexual.    Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos.

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Prevenção.

A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Ela pode estar relacionada com a preocupação em satisfazer o outro durante o ato sexual e até mesmo com preocupações do dia a dia.

A tensão provoca a ansiedade, mas pode ser aliviada com atividades que relaxem o corpo e a mente. Exercícios físicos são uma ótima saída para descontrair a cabeça e manter o corpo ativo, além de liberar endorfina.

Perguntas frenquentes.

Existe um tempo mínimo para ejacular?

Não. O ato sexual se difere para cada pessoa e o tempo até a ejaculação envolve outros aspectos como excitação e ansiedade.

Como descobrir se tenho ejaculação precoce?

É considerada ejaculação precoce quando o evento se repete sempre ou quase sempre em um período muito curto, causando insatisfação sexual. A consulta com um urologista é a melhor forma de se obter um diagnóstico correto.

Apenas adolescentes têm ejaculação precoce?

Não. Apesar dos jovens terem menos experiência e confiança durante o sexo, qualquer um com vida sexual ativa pode ter ejaculação precoce. Os motivos são muito variados e pode ocorrer por ansiedade ou por doenças como a prostatite. O recomendado é procurar um urologista para identificar a causa e os possíveis tratamentos.

Existe diferença entre ejaculação precoce e disfunção erétil?

Sim. A ejaculação precoce é um sintoma relacionado a questões emocionais e doenças e não permite um longo tempo de ereção. Já na disfunção erétil, que pode ser desencadeada pela ejaculação precoce, não é possível ter ereção em nenhum momento. Ambos levam o casal à insatisfação sexual.

Posso ter orgasmos mesmo com ejaculação precoce?

Sim. O orgasmo representa o ápice do prazer no ato sexual e não precisa estar ligado à ejaculação. Ele pode vir antes ou depois e até mesmo junto. Porém, como a ejaculação precoce ocorre em um período muito curto de penetração ou na falta dela, gera um desconforto que acaba por impedir o desenvolvimento da ação e interfere no aproveitamento do sexo, prejudicando o alcance do orgasmo.      Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Aprenda a lidar com a ejaculação precoce e livre-se desse problema.

A ejaculação precoce é um tema que preocupa muitos homens. Ela acontece durante a relação sexual, quando o orgasmo ocorre antes do tempo desejado, em poucos minutos ou até mesmo em segundos.

Quando se dá com mais frequência — duas ou três vezes —, é recomendável procurar um médico. Dependendo da situação, pode ser necessário o uso de medicamentos como parte de um tratamento adequado.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, 40% dos homens possuem esse problema que, na maioria das vezes, é psicológico. Além da utilização de remédios, em muitos casos é recomendado o acompanhamento com profissionais da psicologia, pois essa disfunção sexual pode estar relacionada a estresse, ansiedade, traumas etc.

Para ajudar você a entender melhor esse assunto, listamos 4 dicas para lidar com a ejaculação precoce e livrar-se desse problema. Veja abaixo.

Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Dê importância às preliminares.

Muitos homens planejam chegar ao orgasmo mais rápido, supondo ser a forma mais adequada de obter prazer. Infelizmente, esse hábito pode acabar frustrando e desapontando a(o) companheira(o).

Profissionais que estudam o comportamento sexual afirmam que criar um clima de desejo e excitação antes da relação — a prática das preliminares — melhora o desenvolvimento do homem durante o sexo. Portanto, invista em massagens com carícias, beijos e provocações: essas ações resultam no aumento e acúmulo da libido masculina, o que torna o momento mais intenso e prolongado.

Invista em autoconhecimento.

Conhecer o próprio corpo é o primeiro passo para o tratamento da ejaculação precoce. Apesar de ser um tabu social, a masturbação é um dos métodos mais eficazes para treinar a resistência até chegar ao orgasmo. Isso quer dizer que quanto menor a velocidade do ato, maior será o tempo percorrido para chegar ao ápice do momento.

A consequência desse exercício de autoconhecimento é o aumento da duração da prática sexual, pois a ejaculação passa a acontecer naturalmente, de acordo com o envolvimento com a(o) parceira(o) durante a performance.

 

Evite situações estressantes.

O estresse é um dos principais causadores da ejaculação precoce. Isso acontece porque a ansiedade surge quando a pessoa está exausta física e mentalmente, o que limita o prazer e o interesse em prolongar a transa.

Para evitar que esses problemas interfiram na sua vida sexual, procure evitar conflitos no trabalho, preocupações familiares, desentendimentos amorosos etc. Caso não seja possível, busque estar em locais onde você se sente bem ou dedique-se a uma ocupação que lhe traga satisfação para reduzir o esgotamento emocional, como a prática de atividades físicas.      Ejaculação precoce: como resolver e os melhores tratamentos

Faça terapia sexual

A terapia sexual é uma técnica que envolve métodos da área da medicina e da psicologia, agindo especificamente sobre a causa do problema. Ela busca auxiliar na solução de possíveis conflitos sexuais entre o paciente e a(o) companheira(o), oferecendo mais qualidade de vida para os dois.

O tratamento é indicado para o casal: com os dois juntos na terapia, a interação será maior, aumentando as chances de uma melhora no relacionamento e da cumplicidade entre os parceiros.

Para aprimorar o tratamento dessa disfunção, é essencial buscar também um psicólogo especializado em sexualidade. Caso não tenha tempo de ir pessoalmente a uma clínica, experimente utilizar o atendimento psicológico online para esclarecer suas dúvidas e solucionar problemas. Você nem precisa sair de casa e pode ser atendido inclusive durante o período noturno e nos finais de semana.

Identificou-se com nosso conteúdo e gostou de entender mais sobre ejaculação precoce? Então aproveite para entender também a importância do psicólogo no tratamento da ansiedade.

 

 

ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce ejaculação precoce

ejaculação precoce ejaculação precoce

Noticias Web

Noticia Web foi criado para trazer noticias relevantes a você, que quer ficar informado do dia dia do nosso Brasil e mundo. OBRIGADO